Publicidade

COMO FAZER O DESMAME DO MEU BEBÊ?

COMO FAZER O DESMAME DO MEU BEBÊ?

Aprenda técnicas para realizar o desmame a introdução alimentar com segurança!

Publicidade

De acordo com informações fornecidas pela Sociedade Brasileira de Pediatria e Organização Mundial de Saúde, o aleitamento materno é essencial e deve ser mantido até que o bebê complete dois anos de idade, e além disso, em seus primeiros seis meses de vida, a alimentação deve ser exclusivamente feita do leite materno, sem receber nenhum outro tipo de alimento, e a partir disso que deve ser feita a introdução alimentar com outros tipos de alimentos. 

Dos sete meses de vida em diante, após a introdução alimentar ser iniciada, pode-se dar início também ao chamado de “desmame gentil” ou também conhecido como gradual e deve ser orientado por um pediatra, ou profissional da área,  esse desmame é feito através da diminuição da quantidade de mamadas por dia e  até mesmo sua duração, para que não existam traumas e inseguranças na parte do bebê, além de também não atrapalhar o seu desenvolvimento emocional e o seu crescimento. 

O mais ideal é que o desmame ocorra de uma forma gradual e também natural, fazendo também com que a própria criança comece a demonstrar menor interesse pela amamentação e principalmente maior aceitação em relação aos alimentos variados, isso ocorre geralmente entre dois a quatro anos de idade, levando então ao desmame total, que consiste na interrupção de forma completa da amamentação no peito de sua mãe. 

Publicidade

Embora nem sempre essa seja uma tarefa e um período fácil para a mãe e para o bebê, existem algumas formas de realizar o “desmame gentil”, com algumas técnicas que podem te ajudar, ou melhor, facilitar o desmame, e que dessa forma, é de extrema importância a supervisão de um pediatra.

A partir de agora você verá algumas dicas de como fazer essa introdução alimentar e desmame com o seu bebê: 

DIMINUA A QUANTIDADE DE MAMADAS

desmame?

Este é um cuidado importante, porque ao diminuir a quantidade de vezes que o bebê irá se alimentar do leite materno, a produção do leite também irá diminuir na mesma proporção e no mesmo ritmo, e assim, a mãe acaba ficando com seios pesados e cheios de leite. 

Publicidade

Para que esse processo seja realizado de uma forma gradual e sem que seja prejudicial para a mãe e nem para o bebê, pode-se, a partir dos 7 meses de vida do bebê, substituir um horário de uma mamada por uma refeição, ou uma vez por semana, por exemplo, e aumentando essa frequência de forma gradativa. Nesta fase, também é importante ficar atento aos possíveis sinais de que o bebê pretende substituir a amamentação, como por exemplo demonstrar o menor interesse pelo peito em um determinado horário. O que se pode fazer nesse caso é dar maior preferência para esse horário e fazer a substituição do leite materno por uma refeição. 

DIMINUIR A DURAÇÃO DAS MAMADAS

Uma outra e considerada como boa técnica para realizar um desmame sem trauma, é através da diminuição do tempo em que o bebê mama em cada mamada. Por exemplo, se o bebê normalmente tem o costume de ficar 20 minutos em cada mama, o que se pode fazer é deixá-lo somente 15 minutos em cada, e em cada semana e diminuindo mais um pouco esse tempo. 

PEDIR PARA OUTRA PESSOA DAR AS REFEIÇÕES AO BEBÊ

É extremamente normal que, quando o bebê está com fome, associe de forma automática a presença de sua mãe à sua vontade de comer. Assim, quando a mãe possuir dificuldades em dar as refeições ao bebê, em vez do leite, pode ser uma boa ideia pedir para que outra pessoa, como por exemplo o pai, ou os avós que façam isso. 

De forma resumida, outras dicas que possuem grande importância neste período são:

Não oferecer a mama e dar suporte emocional ao bebê.

Apesar de existirem várias dicas e formas de realizar o desmame, cada caso é um caso e cada bebê é um bebê. Procure ajuda e tenha o acompanhamento de um pediatra. Esse é um momento único e deve ser realizado da melhor forma para ambos. Boa sorte!

→ Está grávida? Saiba quando começar a arrumar o quartinho do seu bebê!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.